Amo essa canção!

19/02/2010

Prazer e Lenda

Quem leu o que está escrito lá no meu perfil já sabe que tenho algumas paixões especiais como: viagens, fotografia e VINHOS (Ai, ai,ai... Porque será que tenho essa tendência a ter  hobbies tão caros?)
Como gosto pesquisar sobre  as coisas pelas quais me apaixono, estudei um pouco sobre esse néctar maravilhoso que atende pelo nome de vinho. Porém,  de modo algum, me considero uma sommelier, muito menos uma enóloga até porque  para isso, eu precisaria de dedicação total e no momento não disponho desse tempo (quem sabe essa será a minha atividade, quando eu estiver aposentada...Rs) 
Bem, então como eu me classifico? Como uma grande APRECIADORA e como alguém que tem a consciência que jamais saberá tudo sobre vinhos pois, ele é só o resultado final de um universo inteiro e, eu estou apenas engatinhando em direção a esse universo.
Pretendo em alguns posts, dividir com voces o que aprendi, o que continuo aprendendo sobre eles mas hoje, especialmente, estou aqui para falar sobre esse vinho que saboreei no almoço de domingo, na casa da minha filha.
O "Casillero del Diabo"  é produzido pela Concha Y Toro, uma marca chilena bastante vendida aqui no Brasil. É uma das parte mais nobres da produção dessa vinícola e tem esse nome devido a uma lenda criada pelo seu proprietário, em tempos remotos.
Diz a lenda que: os melhores vinhos eram selecionados em um lugar especial da vinícola pois, seu proprietário reservava estes para beber com sua família e seus amigos porém, depois de um tempo os barris passaram a desaparecer, estavam sendo roubadas. O velho "Concha" então, resolveu espalhar o boato que ali naquele lugar morava um diabo. Depois disso, nenhum barril foi roubado e a partir desse momento, os vinhos ficaram conhecidos como Casillero del Diabo".
Gosto de tudo que tenha história e ou lenda envolvidas e por isso quis compartilhar com voces a lenda desse vinho.
Em uma próxima oportunidade falarei sobre a uva Syrah ou, Shiraz como é mais conhecida aqui no Novo Mundo.
Esse vinho de Reserva , safra 2008, feito com a uva Shiraz custa cerca de 45 a 50 reais no mercado brasileiro. Uma opção boa e barata de vinho para acompanhar o almoço de domingo.Voces não acham? 

11 comentários:

Cristian & Andrea disse...

Ola.... vamos pensar que vc tem é muito bom gosto pelas coisas....!

Adoro vinho.... mas o tinto não é o meu preferido... amo o vinho branco e o vinho verde.

Um grande beijo e bom fim de semana

Yoyo Pizy disse...

Andrea,
Já eu prefiro os tintos.
Mas prometo que logo, logo trarei, especialmente pra vc, uma dica de um vinho branco que degustei recentemente na Argentina pelo qual me apaixonei.
Bom fim de semana pra vc também querida!

VILMA SUELY disse...

EU ADORO OS VINHOS ADOCICADOS,PRINCIPALMENTE PARA ACOMPANHAR PEIXE.NA SEMANA DA PÁSCOA EU TIRO O ATRASO.RSRSRS!!!

Teresa Aragão disse...

Yoyo,Eu vou mais além...sempre falo que sou como vinho, quanto mais fico velha, fico mais apurada e gostosa rsrsrsr

Yoyo Pizy disse...

Uau! Amei Teresa!
Bjos

Ariadne disse...

tbem adoro vinhos, mas pena que sou muito fraca pra isto...uma taça já fico doida !!!
E este vinho eu conheço, temos em casa. Meu marido adora vinhos !!!
E eu to igual a Teresa...ficando velha e apurada...

Bjks !!!

Yoyo Pizy disse...

Ariadne,
Uhuuu! Estou adorando esse grupo de mulheres "apuradas"
Dei muita risada do que vc falou sobre "ficar doidona" com uma tacinha de vinho
Bjoss

Monica Loureiro disse...

Estou me tornando uma apaixonada por vinhos também.....

Yoyo Pizy disse...

Olá Monica,
Obrigada pela sua visita
Bjo

Carlos Pires disse...

"viagens, fotografia e VINHOS" sem livros é como peixe grelhado sem azeite ou torradas sem manteiga

Yoyo Pizy disse...

Caro Carlos,
Obrigada pela visita mas...Quem foi que disse que os livros não fazem parte do meu cotidiano?????
À propósito, eu adoro "peixe grelhado e torrda sem manteiga"...Rsrsrs