Amo essa canção!

24/04/2010

Para Refletir...

Hoje acordei nostálgica, refletindo sobre a vida, sobre tudo que tenho feito, sobre as minhas conquistas, os meus sonhos, as realizações e por coincidência ( ou não) encontrei o texto abaixo, no livro que estou lendo e que nada tem a ver com questões existenciais. É um livro que fala sobre os fracassos no sistema educacional brasileiro. Mas o  fato é que o texto caiu em minhas mãos na hora exata e me fez mergulhar, ainda mais profundamente, em minhas reflexões.
É um texto que segundo a prórpria autora do livro e pesquisas que fiz na net, foi atribuído a Chico Xavier e diz o seguinte:

"A gente pode morar em uma casa mais ou menos,
Numa rua mais ou menos,
Dormir em uma cama mais ou menos,
Comer uma comida mais ou menos...

A gente pode olhar em volta e sentir
Que tudo está mais ou menos.
Tudo bem.
O que a gente não pode mesmo, de jeito nenhum,
É amar mais ou menos,
Ser amigo mais ou menos, acreditar mais ou menos...
Senão a gente corre o risco de se tornar
Uma pessoa mais ou menos."

Uma coisa é certa, nunca amei mais ou menos e nunca fui amiga mais ou menos. Eu não acredito em coisas pela metade e o meio termo é algo que não cabe dentro de mim, razão pela qual, muitas vezes, paguei um alto preço.
Tenham todos um ótimo fim de semana, seja ele de diversão ou de pura reflexão.

8 comentários:

Eliana Pessoa disse...

Esse texto é maravilhoso!
AS VESES É BOM FAZER UM BALANÇO NA VIDA!!!
PESAR OS PRÓS E OS CONTRAS!
BJIM

Carmen ACHADOS DE DECORAÇÃO disse...

Uau! me arrepiou, sabia? putz! acho que os semelhantes se atraem mesmo,né? qdo vc se descreveu, pensei: caraca, eu sou assim também e já paguei preços bem altos também. Não tem problema, sabe, Yoyo, uma coisa é certa, como diz a minha psicóloga: "Carmen, quem FAZ ESCOLHAS, não se arrepende. Erra, mas não se arrepende."

Beijos no coração, querida!

Tati Pastorello disse...

Oi Yoyo, acho que este texto diz onde devemos colocar nosso foco de vida. É fácil nos esquecermos disso. Pensar em ter coisas boas - as melhores - e esquecer de ser o melhor que pudermos ser. Dar um super presente e esquecer de escrever um belo cartão. Pior: dar mais valor ao presente recebido que ao cartão que o acompanha... Quantas vezes já fizemos coisas assim...
Adorei, vou inserir o texto em minhas reflexões também.
Beijos.

manuel marques disse...

Parabéns pelo texto,excelente.

Beijo.

Clau Finotti disse...

Oi !
Nós mulheres somos muito cíclicas, é a verdade.
Eu cada dia amanheço de um jeito, uns dias Madre Teresa, outros Clarice Lispector, outros apenas querendo ficar de Sonhart na cama.
Só não amanheço mulher melancia pois não tenho atributos para tal... kkkkk...
Bjos e ótimo domingo (sem Faustão, please!).

KINHA disse...

Olá amiga

Para a menina nostálgica um domingo cheio de amor e muitas alegrias, para vc e sua família.

Bjo

Françoise disse...

....coisas de uma educadora né minha querida? Aprendemos a nos doar por inteiro!
Bjocas
Fran

Silenciosamente ouvindo... disse...

Olá, cada dia é um dia, cada dia
nos sentimos diferentes...
Obrigada pela visita ao meu
blogue.Volte sempre.
Beijinhos/Irene