Amo essa canção!

22/07/2010

Decoração de Interiores

O meu post de hoje tem dois objetivos:o primeiro é falar de uma revista nova de decoração que eu estou amando. É a revista "Minha Casa". Ela é fininha mas tem algumas vantagens em relação às outras, que já estão no mercado há muito tempo:
1) Ele tem um preço super camarada - custa quatro reais e noventa centavos (espero que esse preço permaneça por um bom tempo ,rs)
2) Tem dicas e reportagens muito interessantes,
3) É voltada para uma decoração de baixo custo. Contempla um tipo de decoração dentro da realidade de pessoas "normais" como nós, a maioria dos mortais  e não aquela decoração para uns poucos endinheirados, coisas de Casa Cor ( nada contra a essa famosa Mostra de decoração).
4) Tem uma comunidade onde podemos trocar idéias com outras pessoas sobre tudo relacionado ao design de interiores.
Enfim, como podem perceber o que não faltam são motivos para adquirir essa nova publicação. Afinal, quem foi que disse que para mudar algo em casa é necessário muito dinheiro? Com um pouco de inspiração e criatividade podemos fazer coisas maravilhosas, não é mesmo?
E agora, vou contar um "segredinho" que nunca contei por aqui. Alias, hoje foi, para mim, um dia de revelações, rs.
Mas o que vou revelar não é nada demais, não. Nem pensem em coisas "cabeludas", segredos de liquidificador, segredos dentro de uma garrafa jogada ao mar...Não é nada disso! Sinto decepcioná-los, hihihih.
Quero apenas  dizer que tenho formação em Design de Interiores. Mas por favor, não pensem que estou falando isso para angariar clientes, pois, apesar de ter cursado design durante  3 anos, na Escola Panamericana de Artes e mais 4 anos, da Faculdade Paulista de Arte eu nunca exerci a profissão, a não ser em meu próprio apartamento ou para, eventualmente, ajudar alguma amiga dando dicas para que as mesmas decorassem seus cantinhos.
Tenho certeza que vocês devem estar se perguntado: "por que será que essa criatura nunca exerceu a profissão, mesmo investindo uma "grana preta"? Acertei? Pois bem, aí vai a resposta: simplesmente me decepcionei com a profissão, que até hoje não foi regulamentada, o que faz com que qualquer um possa se dizer disigner de interiores e trabalhar como tal. Mas pior do que isso, é ver um monte de madame com muito dinheiro e  gosto duvidoso, porém, bem relacionada no meio que pode pagar, se intitulando designer de interiores e contratando um profissional formado para pagar um salário de fome, enquanto "arranca" do cliente uma pequena fortuna. Sinceramente, me recusei a trabalhar nessas condições e muito menos a ser vendedora em uma loja de móveis e trabalhar como escrava de segunda a domingo, depois de ter estudado tanto.
Quando me formei, fui obrigada a entrar com um processo na justiça, para ter meu diploma reconhecido pelo MEC, pois embora a faculdade fosse reconhecida o curso era apenas autorizado . Como pode esse órgão máximo de educação autorizar um um curso e depois não reconhecê-lo? Coisas de Brasil...
 Portanto, aí vai uma dica para as meninas que gostam de decoração e sonham em fazer um curso de Design de Interiores, fiquem muito atentas, tomem cuidado e principalmente, junte todas as informações analisando bem o custo-benefício,  antes de partirem para o investimento, que é bem alto.
Esse mercado é um reduto fechado, onde poucos conseguem algum sucesso.

26 comentários:

Maitê disse...

Oi querida !!!!!!!!!!!!!!

Todo mundo tem falado bem desta revista ... estou pensando em comprar também !!!!!!!

Jura que vc é formada em Design de Interiores ??? Ah .... que delícia .... apesar de não ser regulamentada eu admiro quem tem o bom gosto das design`s ...

Beijinhos enormes !!!!!!!!

Carmen Martins disse...

Yoyo do céu, você tem mais algum coelho pra tirar dessa cartola, hein? aiaiaiai AMEI SABER DISSO!

Menina, somos muuuuito parecidas. A gente ainda tem que se conhecer, né? Será que, ao vivo e à cores, a gente vai se dar tão bem? ahahaha porque somos muito, muito parecidas, vc não acha? Essa realmente me pegou de surpresa!!! Vixiiii

Mas...olha, não conta pra ninguém, tá? (depois vc apaga), pois eu também fiz, só que não foi chic, nem completo como o seu - imagina, pois foi curso técnico no Senac e não concluí o último semestre, pois trabalhava como uma louca como gerente de projetos numa empresa e, de vez em quando, precisava viajar por causa disso; numa dessas viagens, fiquei mais de 30 dias fora. Conclusão: o Senac não me deixou continuar o curso, teria que recomeçar (pode???)...bem, como eu já tinha aprendido tudo o que queria mesmo e sabia que minha área era Estilo em geral, mas não obra, larguei isso pra lá..

Amiga, conte-me tudo, não me esconda nada, porque você é um poço de surpresas! Por enquanto, todas ÓTIMAS!!!

Mauro S disse...

Oi Yoyo, tem revistas boas hj em dia, e se interativas onde pode-se trocar idéias, melhor ainda, quanto as músicas que me marcaram, acabei de escrever num comentário, foram mais de uma, claro, mas Bee Gees - Too Much Heavens (primeira que eu dancei na noite já no final dos anos 70 porque não gostava de sair (risos), fui quase de arrasto, e no começo dos 80 foi uma série de músicas marcantes, pra mim o melhor grupo de todos que levantava todo mundo, foi Dire Straits com a música famosa "Sultans Of Swing" e uma que nunca encontrei, aqui tudo se encontra e que tocou muito nas rádios daqueles tempos, "Diesel - Sausalito Summer Night" esta sim, inesquecível!
E outras que o tempo não vai apagar.
Do Rod Stewart a que mais eu amei e sigo amando, cada vez que ouço recordo dias passados foi Young Turks.
Impossível não lembrar esta.
Sempre fui mais da música pop internacional.
Da nacional gostei de muitas, mas também todas dos grupos de 80 em diante.
Paralamas, Barão Vermelho, Kid Abelha, Blitz, Titãs (com os 8), Biquini Cavadão, Metrô, Capital Inicial, Plebe Rude, Rita Lee, Kid Vinil, Inimigos do Rei, enfim... daí sabes bem o tipo de música que gosto mais.
Uma geração inesquecível da música brasileira, e que continuo gostando nas músicas mais antigas deles.
Renato Russo, Raul Seixas, e afins, nunca gostei.
É isto, beijos, Mauro

Deia disse...

Yoyo, essas revelações são as melhores: não fazem mal a ninguém, nos alegram e depois a gente fica entendendo um pouquinho mais da pessoa que visitamos diariamente!
Vi essa revista hoje e fiquei na dúvida se comprava ou não (apaixonada que sou por decoração e tendo arriscado o começo de uma faculdade, mas que precisou ser abandonada - um dia conto a história).
Com o seu aval, amanhã volto na banca e compro a danadinha!
Um grande beijo,
Deia.

Tati Pastorello disse...

Yoyo, que coisa, imaginar que você estudou tanto para isso... Eu passei um tempo nesta situação. Depois de ralar muito na faculdade tornei-me vendedora de produtos veterinários em clínicas e pet shops. Um horror! Mas consegui virar esta página e investir no que gosto.
Adorei a dica da revista, vou procurá-la por aqui. Beijos.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Oi Yoyo!
Vou comprar uma revista desta pra dar uma olhada! Já ouvi mesmo algumas pessoas comentando.
Qto ao assunto sobre a sua formação..é difícil né flor, conheço algumas pessoas que passaram por coisas parecidas e se desiludiram realmente. É tanta palhaçada que dá até nervoso só de lembrar!
Beijinhos minha flor, e tenha uma boa noite.

Flores e Luz.

Beth/Lilás disse...

Yoyo,
Eu também já comprei esta revista e gostei, tem muito mais conteúdo que as outras e bem menos propagandas.
Quanto à sua revelação fiquei contente em conhecer mais um pouco de suas qualidades. Realmente, é uma pena o pouco aproveitamento que fazem dessas lindas profissões no país.
Eita país bananeira, só!
bjs cariocas

Driks Barreto disse...

Nossa Yoyo que chique,além de tudo,vc é designer tb!!!ualll sabe acho que mesmo não sendo regulamentada é uma profissão bacana.Bom qto á revista não conheço ainda...ainda...rsrsrs
Amei a dica!!!Bjs linda e ótimo findi.
www.badulaquesdadriks.blogspot.com
www.momentosdadriks.blogspot.com

manuel marques disse...

Oi querida Yoyo,passei para desejar um bom fim de semana.

Jinho.

www.comtextosdavida.com disse...

Yolanda vou comprar a revista , afinal estou precisando, quero mudar algumas coisas na minha casa, quem sabe ela ajuda.
Agora responda: o que vc não é? Cada dia uma surpresa!!!
bjs LAÍS

Yoyo Pizy disse...

Maitê,
Obrigada pela parte que a mim toca.
Bjo

Yoyo Pizy disse...

Carmen querida,
Você nem imagina quantas cartas tenho na manga,hehehehe.Sou como bombril, com mil e uma utilidade.
Mas não vem com esa móodéstia, não pois os cursos do SENAC são maravilhosos.
Quanto as nossas semelhanças, eu não tenho dúvida, assim como tenho que eu tenho certeza que iremos nos dar muito bem, quando nos conhecermos.
Bjo

Yoyo Pizy disse...

Boa lista Mauro, mas eu gosto muito do Renato Russo.
Bjos

Yoyo Pizy disse...

Deia,
Tenho certeza que irá gostar da revista
Bjo

Yoyo Pizy disse...

Tati,
O que me salvou dessa foi o fato de ter outras formações, de ter feito vários cursos, o que me deu a chance de trabalhar com outras coisas.
Bjos

Yoyo Pizy disse...

Mônica,
A revista é excelente.
Bjos

Yoyo Pizy disse...

Pois é Beth, isso é Brasil...
Beijinhos

Yoyo Pizy disse...

Driks,
Vai gostar muito da revista.
Pois é miga, falou todo: sou TAMBÉM, uma designer,rs.
Beijão

Yoyo Pizy disse...

Obrigada Manuel,
Dsjo o mesmo para você.
Bjos

Yoyo Pizy disse...

Laís,
A revista é ótima!
Mas como assim, surpresa??? Você não sabia desse meu lado designer? Não acredito!!!
Bjoka

Danny disse...

Ola amiga linda
Gostei de saber + um pouco sobre vc.
Adoro essa revista.
Gosto mt de decoração + nunca fiz curso, faço o q vem na minha cabeça e as pessoas gostam.
Comprei a primeira edição dessa revista e amei.
Vou me cadastrar na comunidade.
Obg por compartilhar das suas qualidades.
Desejo um ótimo final de semana.
Força na peruca.beijocas

Lúcia Soares disse...

Sei bem como é isso, Yoyo.
Tenho um primo, desenhista, que durante anos fazia os desenhos, em perspectiva, para uma amiga dele, que também não era arquiteta, nem designer, mas tinha (tem) um bom gosto nato para a decoração. (agora mora no RJ e ainda trabalha com decoração).
Como não sabia desenhar, ele o fazia, ganhava uma comissão mixuruca e a grana boa era dela.
Beijos!

Clau Finotti disse...

Oi Yoyo!
Eu também estou adorando essa revista, pelos mesmos motivos que você! Ela é dentro da realidade da maioria dos mortais. Eu assinei outras e nunca me senti dentro daquele contexto. Vou assinar esta.

Ah, hoje fixei na parede o mimo que vc mandou! Amei como ficou!

Não sou do tipo de pessoa que valoriza coisas caras, eletrônicos, celulares de milhões de reais, etc, etc.

Agora, eu me apego de verdade a esses presentinhos fofos, principalmente quando recebidos em uma situação tão especial. Vou guardar para sempre o carinho!

Beijos e ótima semana!

Clau Finotti

Clau Finotti disse...

Design de interiores? Hum.... escondendo o jogo, né? rs...rs...

Bjos.

Árion disse...

A foto do ambiente que explica a sua postagem é um ambiente montado pelo próprio pessoal da revista, muito pequeno o ambiente. Lá tem um pufe vermelho da Futon Company que... Tenho um igual e gosto muito.

A revista está de parabéns.

marcelo dalla disse...

Olá querida!!!!
Gostei da dica e de saber um pouco mais sobre vc. Quer dizer então que vendi trabalhos meus pra alguém especializado?!!! :))))
Isso me deixa mais do que feliz. Tenho me interessado muito sobre assunto, pois hoje em dia dá pra imprimir ilustrações em qualquer superfície.

grande bjo!!!!