Amo essa canção!

13/09/2010

Felicidade - Blogagem Coletiva Sentimentos

Esta é a minha participação na Blogagem Coletiva Sentimentos, cujo tema "Felicidade",  foi proposto pela nossa amiga Glorinha do Café Com Bolo, para o dia 03/09. Como vocês sabem, eu estive viajando e na data não consegui participar, mas de modo algum  poderia deixar de me fazer presente nesse tema tão importante que trata-se do objetivo maior de todos  nós. Se perguntarmos a qualquer pessoa o que ela mais almeja para sua vida, certamente ela responderá  que seu maior desejo é ser feliz.

Uma vez, há muito tempo, li uma frase que dizia: "a felicidade é a somatória de pequenas alegrias". Fiquei pensando sobre aquilo por um longo período, de modo que nunca havia pensado antes, pois eu era muito jovem ainda e tinha idéias utópicas, como a maioria dos jovens; eu  achava, na época, que felicidade tinha que ser  uma coisa permanente, caso contrário não seria felicidade, porém aquela frase penetrou em meu ser tão fortemente que a partir daquele momento, meus conceitos sobre muitas coisas começaram a mudar. Talvez ali, naquele instante, eu tenha entrado na fase adulta da vida. Se foi ali ou não que isso se deu eu não tenho como ter certeza, mas o fato que eu passei  a valorizar muitas coisas que até então achava pequenas, passei a acreditar que a felicidade está mesmo em alguns momentos das nossas vidas, em pequenas alegrias que muitas vezes deixamos de valorizar, deixamos escapar, esperando por momentos grandiosos, nos iludindo que a felicidade só pode vir acompanhada por "fogos de artífícios" que explodirão ao nosso redor. É assim que fomos ensinadas...É assim que muitos de nós deixam passar  despercebidos momentos tão felizes. Ninguém é feliz o tempo inteiro e por isso mesmo é preciso estarmos atentos aos momentos em que nos sentimos felizes e celebrar cada um deles, como se fosse o último.

Com o tempo aprendi, também, que a felicidade é algo relativo. Nem sempre aquilo que me faz feliz, fará o outro feliz e vice versa. A felicidade está diretamente relacionada ao valores de cada um. Conheço pessoas para as quais a felicidade consiste  na conquista de altos cargos, mega salários, carros  top´s de linha  e casas enooormes; mesmo que para conseguir tudo isso elas tenham que trabalhar 12, 14 horas por dia ou até mais, quase não passem tempo com suas famílias, nem mesmo consigo próprias, pois são totalmente absorvidas pelo lado profissional. Não condeno essas pessoas. Até porque, eu já vivi esse lado da moeda, já trabalhei em 3 períodos, com o objetivo de ganhar dinheiro e gastar dinheiro em coisas que hoje percebo, são totalmente dispensáveis. Graças a Deus, "acordei"  a tempo de perceber que dinheiro é bom mas não é tudo na vida, que isso não leva ao caminho da felicidade.

Hoje em dia, a felicidade para mim está em outras coisas, que são muito mais importantes do que uma conta bancária recheada de reais, do que um cartão de crédito internacional com um limite que nunca usarei ou um carro caríssimo que me levará exatamente onde o que tenho agora me leva.

Minha felicidade maior consiste em:
Ver minha mãezinha amada com relativa saúde e completamente lúcida, no alto dos seus 90 anos, completos em 26 de agosto. Isso não tem preço, não tem dinheiro nem mastercard que pague,rs. É um dos motivos de grande felicidade, para mim.
Saber que minhas meninas, meu maior patrimônio, estão bem, que estão felizes, cada uma ao seu modo, cada uma do seu jeito, mas igualmente importantes para mim.
Ver o meu príncipe crescendo bem educado, inteligente e com saúde.
Ter um casamento harmonioso, pautado no respeito, no companheirismo, no amor, na admiração mútua. Não pensem que não brigamos, não. Brigamos sim, porém, temos o hábito de reconhecer nossos erros e pedir desculpas, sempre que erramos.
Viajar muito, conhecer lugares sonhados, lugares inusitados, conhecer novas culturas, desbravar paraísos desconhecidos. Esse foi  o sonho de uma vida inteira, mas como casei muito cedo, me tornei mãe ainda na adolescência, optei por assumir todas as consequências dos meus atos, as responsabilidades que isso acarreta e muitos planos foram "engavetados" durante anos, entre eles os planos de viagens.
Como nunca é tarde para ser feliz, agora estou realizando esses sonhos de viagens e sou muito feliz por estar tendo a oportunidade de conhecer os lugares que sempre desejei e principalmente por estar planejando, para um futuro breve, aquela que será uma das grandes viagens da minha vida, com a qual sonho há muito, muito tempo.

Ouvir música. A música faz da minha vida, desde que me entendo por gente. Tenho uma verdadeira trilha sonora dos meus momentos, da minha a infância até os dias atuais, rs. Quando chego em casa, a primeira coisa que faço é ligar o rádio em uma boa estação ou colocar um CD pra tocar. Não sei, não consigo passar um único dia sem ouvir música, e quando falo em ouvir música, não estou falando em  deixar que ela entre por um ouvido e passe pelo outro, não. Quando ouço música, realmente "viajo", passeio pela letra, me envolvo com a melodia. Quando dirijo tenho o hábito de cantar, hihihihi. Isso me deixa tão feliz!

Degustar um vinhozinho também é algo que me deixa feliz. Se tomar uma taça de vinho ao lado do meu amado então...Fico mais feliz ainda.
Assistir ao pôr-do-sol é algo que me enche de felicidade, me faz pensar no quanto somos pequenos diante das maravilhas da natureza, me faz ficar mais humilde...Sempre que posso me permito esse luxo e fico pensando que se eu morasse em uma cidade praiana talvez fosse possível assistir a esse espetáculo diariamente.
Tomar banho de cacheira me revigora, parece que lava a minha alma,rs. Quando criança e adolescente, eu já gostava disso,  mas minha mãe me impedia porque eu não sabia nadar, continuo não sabendo até hoje, mas ultimamente tenho me aventurado, por águas nunca antes navegadas.
E por falar em água, eis aqui um momento de grande felicidade: quando fiz raffting, no ano passado. Sempre fico feliz quando supero meus limites, quando venço meus medos, quando supero barreiras que jamais imaginei superar. Como eu já disse, não sei nadar, tinha a maior vontade de praticar raffting mas ficava só na vontade. Até esse dia feliz, quando tomei coragem e fui...Fui e me senti muuuito feliz, nesse momento. É algo que pretendo voltar a praticar.
Reunir a família e/ou os amigos aos domingos, em volta da mesa e servir uma refeição preparada por mim. Algo que para mim,  também é precioso.
 
Fotografar é outra coisa que também me deixa muito feliz. Pratico esse hobby desde os tempos de faculdade e cada vez mais gosto de fotografia, cada vez mais, fico feliz ao fotografar. Quem sabe um dia ainda me dedico, exclusivamente a ela, profissionalmente.
Trabalhar meio período, ter tempo livre para me dedicar a outras coisas que adoro fazer, como mergulhar na leitura de um bom livro, escrever, blogar, falar bobagens com os amigos, passear, descobrir novidades  e até mesmo pensar sobre a vida, meditar ou simplesmente, me entregar ao ócio deitada no sofá, sem fazer absolutamente nada.
Há três anos, abri mão de um emprego no qual ganhava um salário que era quase o triplo do que ganho hoje, trabalhando apenas como funcionária pública estadual,  para poder desfrutar de tudo isso que falei e não me arrependi em nenhum momento. Sou muito mais feliz agora!

10 comentários:

Clau Finotti disse...

Oi Yoyo!

Tem uma frase do Oscar Wilde que diz "a simplicidade é o último refúgio de um espírito complexo".

Talvez eu tenha engolido alguma palavra, mas é como ando me sentindo ultimamente. Ando valorizando muuuuito a tranquilidade, a paz de espírito, as coisas "menores". Há uns anos atras eu queria abraçar o mundo.

Hoje quero só o bastante para viver confortavelmente. Eu ando mais é querendo ver o mundo com lentes cor de rosa, afinal as pessoas não mudam só porque eu me revolto contra elas...rs...

Mas viver simples dá trabalho.

Bjos.

Clau.

Nilce disse...

Oi, Yoyo

A felicidade está aí, nas coisas simples da vida.
Em casa, com a família e com os amigos, nos sonhos sendo realizados, no perdão que sabemos dar aos outros e a nós mesmos, enfim em tudo que você citou e na sinceridade que você tem.

Amei o seu post.

Bjs no coração!

Nilce

Ana Maria Braga disse...

Seus valores de felicidade são parecidos com os meus. É ter saúde no seio da familia, é ter harmonia no ambiente que te cerca, é poder fazer passeios que podemos e temos vontade, é poder ficar em casa lendo um livro quando estamos com vontade, é fazer o bem a alguem.. é esse conjunto de coisas boas. Uma ótima 3a feira, Yoyo. Bjs e obrigada pelo carinho que vc. dispensa ao meu blog.

Bordados e Retalhos disse...

Levei um susto qunado vi que vc postou hoje na bloegagem coletiva. Depois fui lembrando de sua ausência no dia 03 de setembro. Adorei esse texto as fotos e as suas declarações de amor a vida. Bjs

Chica disse...

Adorei ver as coisas que te fazem feliz.É isso aí mesmo...Momentos!Lindo!beijos,chica

Andrea disse...

Parabéns amiga....
Pense que tudo isso é merito por ser quem es....

Um grande beijo e muitas felicidades sempre....

Beijos,
Andréa

Françoise disse...

Arrasou no texto minha amiga!!!!!

As imagens estão dizendo tudo, lindo, lindo, lindo!!!!! Como não ser feliz com tudo isso hein??? Sua maezinha com seus 90 anos ao seu lado é um presente de Deus. Desfrute muito desta felicidade!!!!!

parabéns pelas fotos!!! Gosta de fotografar e o faz muito bem.
Beijos

Deia disse...

Oi! Você mora em Sampa? Porque se a resposta for sim, marcamos o risoto com o vinho e nos conhecemos ao vivo!! rsrs! Yoyo, muito feliz em saber que temos tantas coisinhas em comum! Depois fofocamos bastante, combinado?
Tem um selinho para você lá no Rumo! beijos, Deia

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

NOSSA QUE FELICIDADE QUE SENTI AGORA!
ADOREI CONHECER UM POUCO DA SUA HISTÓRIA CHEIA DE AVENTURAS E COISAS QUE TE DEIXAM FELIZ!
ISSO QUE É VIVER A VIDA SEM MEDO DE SER FELIZ!!!
BEEEEEEEEEEEEEEEIJO

Kalanga Brazil disse...

Ah Yoyo, você me fez chorar com esta foto de sua mamys. Sabe amiga, eu tinha pavor de algum dia vir a ter rugas. Hoje o que mais quero é que Deus me abençoe com longevidade mesmo que com muitas, MUITAS rugas!!

Amei todas as fotos. Você transpira vida. Isto é lindo!

Beijos da mais nova amiga virtual,

Kalanga Brazil