Amo essa canção!

19/01/2011

Minha Declaração de Amor - Blogagem Coletiva

Será que o verdadeiro papel da avó é aquele do estereótipo  tão divulgado, aceito e defendido por aí? Será que os avós têm mesmo a "obrigação" de  mimar, no sentido estragar os netos, fazendo-lhes todas as suas vontades, mesmo que para isso seja necessário sacrífícios absurdos, ou deixar de levar em conta danos irreversíveis causados à saúde física ou mental da criança que um dia se tornará adulto, só para fazer o papel de boazinha ? Pois então eu devo ser uma avó megerea, porquê eu não concordo com nada disso.
Bem, como muitos por aqui sabem, eu tenho um netinho que mora em outro estado, mas que todos os anos (desde que tinha 3 aninhos) vem passar a maior parte das férias de fim de ano aqui em casa conosco. É um homenzinho corajoso , que vai e volta sozinho, de avião, desde pequenininho. Conhece de cor todos os procedimentos de uma viagem aérea, desde check-in até  esterira de bagagens etc etc. 
É também super educado, carinhoso e obediente. Todas as vezes que ele vem para cá, nos divertimos bastante, passeamos muito, visitamos museus e fazemos coisas diferentes daquelas do dia-a-dia, porém, de uma coisa eu não abro mão: de alimentá-lo de uma forma saudável. Claro que eu não exagero, e sempre ofereço também alguma guloseima como uma fatia de bolo ( que faço especialmente para ele)  pois afinal, trata-se de uma criança de oito anos.
Durante o ano , ele fica aos cuidados da avó paterna, pois, com a correria dos nossos dias, o pai e a mãe precisam ganhar a vida e não têm como deixar de trabalhar fora , de modo que fica difícil  cuidar da  alimentação dele. Então  ele,  infelizmente, foi acostumado a comer toda sorte de "lixo alimentar" altamente prejudicial à saúde e o resultado disso são os quilinhos (muitos) excedentes. 
Fiquei  sabendo que de volta o seu ambiente, ele diz para todos por lá, que eu o obrigo a comer salada e outras coisas das quais ele não gosta. À princípio, fiquei muito triste com isso, pois obrigar é diferente de incentivar. Tá certo que muitas vezes sou obrigada a fazer algumas negociações  do tipo chantagem mesmo: "você come isso e eu te dou  aquilo depois do almoço" e acreditem: muitas vezes ele acaba gostando de comer  o tal alimento que rejeitava antes de provar. Até porquê, procuro fazer as comidinhas de maneira gostosa, pensando em tudo que possa agradar ao paladar de uma criança.
Memo sabendo, e tendo plena consciência de que estou fazendo o que é correto, fico com a sensação de que, talvez eu esteja me tornando uma megera para o meu neto, já que da outra parte tudo é permitido em termos de alimentação. Embora essa seja  uma competição desleal e eu tenha a certeza de que estou "perdendo", jamais vou ceder ou fazer o jogo... Da avó "boazinha."
Espero que um dia ele entenda que faço isso justamente porquê o amo muito e quero que ele seja um adulto saudável, enquanto isso... Vou amargando o título da avó que diz NÃO! Quando ele (com alguns quilos acima do peso) me pede para que o leve ao Mac Donald.
Embora ele ainda não saiba, essa é a maior declaração de amor que eu posso fazer ao meu neto.

10 comentários:

Elaine disse...

YoYo, que linda declaração de amor, adorei e acho que vc está certa, amar é mais do que dizer sim.
Beijos minha querida!

www.comtextosdavida.com disse...

Não se preocupe Yolanda, no fundo as crianças sabem quem as ama verdadeiramente.Se os pais fizessem a parte deles , que é alimentá-lo de forma saudável, você poderia fazer a outra , que é mimá-lo, mas infelizmente os papéis se inverteram
bjs lais

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

ADORO ESSAS VÓVOS DURONAS QUE MARCAM CERRADO COM SEUS NETINHOS PROVANDO QUE OS AMA MESMO QUANDO Ñ OS LEVA AO MAC DONALD!!
BEIJO

Suzanna disse...

AMEI VIU YOLANDA RSRRS
É ISSO MESMO YOYO, POIS QUANDO ELE CRESCER( E NÃO PRECISARÁ MUITO TMPO) E ELE MESMO COMEÇAR A SE PREOCUPAR COM A GORDURA(PORQUE LOGO ELE COMEÇA, (EXPERIENCIA PRÓPRIA, COM MEUS MENINOS)ELE SEM DUVIDA VAI LEMBRAR DA OVÓ YOYO.
EU TENHO CÁ COMIGO QUE ESTE SIM É O AMOR QUE SÓ FAZ O BEM E NÃO AQUELE QUE SÓ DIZ SIM.
FICA EM PAZ, QUE O TEMPO TE MOSTRARÁ.
PARABENS PELA CORAGEM, É ASSIM QUE AJUDAMOS A COSNTRUIR UMA GERAÇÃO MAIS SAUDÁVEL.
BJUS
SU

Kelly disse...

Amor....como é bom senti lo e melhor ainda poder expressá lo. Adorei sua participação. Parabéns, beijos

Liliane de Paula disse...

No momento Yoyo, meu amor vai para esse cavalo maltratado (meu blog)que precisa de atençao e cuidados.
Vc está certíssima dando limites ao neto.

Irene Moreira disse...

Super certa e és a vovó que todo neto deveria ter. Linda sua declaração. Parabéns a você e a Nilce por ter proporcionado um encontro onde o amor impera das formas mais variadas e num só objetivo.

Beijos

Nilce disse...

Yoyo
Você é uma avó exemplar.
Esse é o verdadeiro amor, quem ama educa. Uma boa conversa vale muito, principalmente quando existe tanto carinho.
Lindo, lindo seu texto de Declaração de Amor ao seu netinho maravilhoso.

Obrigada pelo carinho minha amiga.

Bjs no coração!

Nilce

Cacá - José Cláudio disse...

Com estas mudanças todas que tivemos no perfil das famílias nos últimos anos, os avós, na maioria dos casos não são mais os estragadores de crianças com diziam. Eles estão na maioria , cumprindo o papel dos pais que estão na lida da sobrevivência. Então você está corretíssima, do meu ponto de vista. E adorei a declaração de amor. Abraços, Yoyo. Paz e bem.

Lúcia Soares disse...

Yoyo, lindona, penso exatamente como você. Até comecei, semana passada, a escrever sobre meu neto de quase 4 anos, que está acima do peso. Vou ver se assim incentivo minha filha a cuidar melhor dele. Ela mora sozinha com a família em Londrina, longe de todos nós. E abaixo dele tem gêmeos de quase 2 anos. Então, ela tem se embananado nessa coisa de alimentação e agora o médico fêz pressão, pois o maior está mesmo indo pra obesidade.
Não acho que tenha que ficar triste, viu? Ele é apenas uma criança e acho que logo vai entender que você lhe muito e que o maior prêmio para você é o bem-estar dele!
Você é uma vovó "porreta" de boa!
Beijo!