Amo essa canção!

23/01/2011

Uma Estória de Amor- Blogagem Coletiva da She

Hoje tem festa no blog da minha amiga She. Seu cantinho está completando 3 anos de existência e para comemorar, estamos fazendo uma blogagem coletiva intitulada "Uma Estória de Amor".
Antes de começar a contar a estória (ou seria história?... Fica o suspense no ar) quero parabenizar a minha querida amiga, pelo blog incrível e bem escrito que ela tem até hoje. Manter um blog durante todo esse tempo, com capricho e qualidade, realmente  não é  para qualquer um.
Quero também convidar vocês, que ainda não conhecem o espaço da minha amiga,  para darem uma passadinha por lá, pois estou certa de que irão amar. Basta que cliquem aqui.

Eis aqui a "minha" estória de amor:


Eles estavam pedidamente apaixonados, desde o momento em que se viram pela primeira vez, mas a distância  entre eles, era de milhares de quilômetros  portanto, raramente se viam. Até que um certo dia, ela recebeu um telefonema, no qual ele dizia que naquela mesma semana estaria viajando a serviço, que passaria um longo período fora, ainda mais longe .
Com a voz embargada pelas lágrimas, ela sentiu o coração apertar, e pela primeira vez, sentiu medo de perdê-lo, embora soubesse que aquela relação tinha sido construida a distância. Mas agora era diferente, ela sabia que era diferente, mesmo não sabendo explicar essa diferença.
Os dias se passaram, até que o telefone tocou. Do outro lado, a voz do seu amor era inconfundível e soava como brisa ao nascer do dia, em uma aconchegante manhã de outono.  Mas de repente, seu coração ficou tão aquecido quanto a chama da lareira em sua sala. Ela não acreditava no que estava ouvindo e pediu ao seu amado para repetir tudo que ele havia dito, do outro lado da linha, palavra por palavra; e assim ele fez, até que ela realmente acreditasse naquela proposta, cujos detalhes não passavam de meros detalhes e que portanto, seriam esquecidos minutos depois. Afinal, o que mais nesse mundo poderia ter importância, diante do seguinte pedido:
- Vem. Fica comigo!
Ela fez todos os prepartivos e partiu. Partiu ao encontro daquele homem maravilhoso, em quem não conseguia deixar de pensar dia e noite.  Partiu sem dinheiro nenhum, pois não tinha se preparado com antecedência para aquele momento. Levou somente  uma pequena mala e sua bolsa, contendo documentos e maquiagem, afinal precisava ficar bonita para ele, quando chegasse ao seu destino.
Tinha medo de voar, porém, mesmo assim encarou quase 9 horas de vôo com  turbulência, e uma ansiedade sem fim, principalmente depois que se deu conta de que não tinha, sequer, um endereço de hotel, nem também o telefone de onde ele estava hospedado e celulares não existiam nessa época. Além  disso, ela nunca tinha viajado para tão longe, e muito menos conhecia aquele lugar. Mesmo assim, acreditava que tudo daria certo, pois, confiava em seu amor e sabia que ele nunca a deixaria só.
Depois de toda essa angústia, seu avião finalmente aterrissou no naquele solo onde seu amor pisava e apenas isso bastava para que sua confiança aumentasse, mesmo quando ele demorou cerca de uma hora para chegar ao aeroporto e abraçá-la.
Passaram dias maravilhosos juntos, foram dias dignos de verdadeiros contos de fada; passaram noites  incríveis regadas a vinho  de qualidade duvidosa  e  paixão avassaladora, até que ela sentiu que precisava voltar. A vida terrena a chamava de volta, já que durante todo esse tempo ela vivera nas nuvens.
 Numa madrugada de quente de verão, chorando muito, ela embarcou de volta.Seu pranto era tanto que os soluços faziam com que ela quase tivesse um convulsão, comovendo todos os comissários de bordo que lhe trouxeram chá de camomila e fizeram de tudo para acalmá-la.
É certo que ela estava tomada pela paixão, e as pessoas tomadas por esse sentimento ficam com a sensibilidade a flor da pele.
Tudo, absolutamente tudo naquela estória, era emocionante para ela, mas o ápice dessa emoção se deu quando, na hora da decolagem do avião que estava levando-a para longe dele, ela olhou para fora vendo surgir os primeiros raios da manhã e lá na pista estava ele, correndo feito louco  e acenando com as duas mãos. À princípio, pensou que era uma miragem, mas depois teve a certeza de que ele, de alguma forma, certamente  burlou a segurança do aeroporto, apenas para declarar o seu amor.

13 comentários:

Lúcia Soares disse...

Que lindo, Yoyo! Parece filme! Tomara que essa história de amor tenha acabado com os dois juntos!
Beijo!

Cantinho She disse...

Nossa que história queridona, li num interesse e velocidade sem igual, de tamanha delícia que achei o texto, a escrita e a história... AMEI A SUA PARTICIPAÇÃO, muito obrigada pela cia nessa festa tão linda que vcs fizeram! ;)
Beijo, beijo!
She

Cantinho She disse...

Vai participar do sorteio sim, minha Linda! ;)
Bjks!

Zilda Santiago disse...

Que lindo!!!!Parabéns pela postagem.Bjs.Sigo-a.

Nilce disse...

Oi Yoyo

Que história mais linda. Li com o coração na mão, com medo que ele a deixasse sem dizer um "até breve", pelo menos.
Concordo com a Lúcia, parece um filme e tomara que tenha tido um final feliz.

Bjs no coração!

Nilce

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

NOSSA FIZ IGUAL A SHE LI COM A VELOCIDADE DE UM RAIO LINDA ESSA SUA HISTÓRIA DE AMOR!
SABE COMO ESTOU ME SENTINDO?PARECE QUE LI A PRIMEIRA PAGINA DE UM LIVRO MARAVILHOSO E AGORA Ñ CONSIGO ENCONTRA-LO PARA LER O RESTO!
BOA SEGUNDA FEIRA
BEIJO

Clau Finotti disse...

Oi querida!

Que bom que voltou! Eu só vi isso agora...rs...

A Dieta Coletiva foi uma brincadeira que ficou séria e já tem quase 200 maluquinhas por saúde participando. Se quiser vir, basta seguir o blog e postar às segundas. Pensa aí: www.dietacoletiva.blogspot.com

E quanto às Fadas Madrinhas, não se preocupe, foi tudo ótimo e na próxima vc manda, ou então arruma umas fadinhas por aí e visita algumas instituições para levar alegria!

Bjo grande, bem vinda de volta!

Clau

orvalho do ceu disse...

Oi, querida
"... a voz do seu amor era inconfundível e soava como brisa ao nascer do dia"...

O som da voz já estremece o coração... diz muito!!!

Que bom vc estar participando da Coletiva da She!!!
Essa frase acima do seu post é por demais importante para mim para definir AMOR... Creio ser possível em qualquer idade...
O AMOR JAMAIS ACABARÁ!!!
Bjm e ótima semana com paz e AMOR!!!

Chica disse...

Linde empolgante, prende a atenção!beijos,linda semana,chica(em férias, por isso menos aqui...)a

manuel marques disse...

História linda.

Beijo.

Ana Maria Braga disse...

adoro essas historias de amor. Tomara que tenha dado tudo certo entre os dois. Essa historia me prendeu atenção.
Aproveito para te desejar um ótimo dia. Bjs

www.comtextosdavida.com disse...

Yolanda, gostei da história mas não gostei do final!
bjs Lais

Silenciosamente ouvindo... disse...

Uma grande parte de blogues andam
com várias iniciativas, pelo menos
mobilizam vários blogues para um
tema.Pois é, São Paulo, não conheço,
aliás não conheço o Brasil.Os
portugueses ganham pouco e os reformados(alguns,a maioria)ainda
menos para fazer viagens.
Criei um novo blogue(ainda está bebé) http://sinfoniaesol.wordpress.com
se quiser dar uma olhadela...
Beijinhos/Irene