Amo essa canção!

15/08/2010

Inveja - Blogagem Coletiva Sentimentos

 
A Inveja, esse sentimento "feio" do qual as pessoas tanto fogem, se negam a aceitar nada mais é do que um sentimento humano, totalmente humano, em toda sua complexidade, assim como são todos os outros sentimentos humanos. Embora eu não seja psicóloga,  portanto não queira discutir mais a fundo um assunto sobre o qual não tenho mais do que conhecimentos supreficiais como é o caso da mente humana, acredito que a inveja, assim como tantos outros sentimentos e emoções, inerentes a condição humana, é algo que temos que aprender a  dosar, a lidar,  para não prejudicarmos os outros e também a nós mesmos.
Embora a clssificação de certas condições humanas já existissem na antiguidade, antes mesmo do cristianismo, essas condições foram classificadas (e reclassificadas) ao longo do história, pelo catolicismo que dividiu os pecados em dois tipos: os perdoáveis e os não pedoáveis, incluindo nesse último caso, todos os pecados capitais , cuja inveja nem constava nessa lista, passando a figurar entre esses pecados somente no século VI, quando o papa Gregório I reduziu de oito para sete a lista dos pecados (juntou dois em um) e o pecado que antes era a melancolia fora então trocado pela inveja. O objetivo da Igreja era educar, protejer e controlar os instintos básicos do ser humano.
A melancolia que  era vista pelos gregos (como eram inteligentes, esses gregos!) como um sério problema de saúde, foi transformada em pecado, pelos grande pensadores da Igreja Católica.
Vejam bem, caros amigos, não estou querendo desvirtuar o catolicismo, estou apenas falando de fatos históricos, nada mais. 
Nos dias atuais a lista dos pecados capitais ainda aceita pela Igreja, é a mesma revista por Tomás de Aquino no século XVII.
1) Vaidade - Todo mundo aceita e na sociedade atual, ser vaidoso tornou-se algo desejável, até, independente do tipo de vaidade.
2) Inveja - Eis aqui o nosso "calcanhar de Aquiles"- Embora seja um sentimento inerente ao ser humano, temos uma dificuldade enorme para aceitar que em algum momento da vida já sentimos inveja, parece que é algo inconfessável. Por que será?
3) Ira - Outro sentimento que "nos pega pelo pé". Seres humanos estão sujeitos a ira, isso é normal,  porém esse "pecado" é também muito negado, embora não tanto quanto a inveja.
4) Preguiça - Esse, já é um pouquinho mais aceito, mesmo assim alguns homens (e mulheres) costumam encher o peito e dizer que se orgulham de não sentir preguiça. Isso é outra mentira. Que atire a primeira pedra quem nunca sentiu preguiça.
5 ) Avareza -Mais um pecadinho inconfessável, tanto quanto a inveja. 
6) Gula - Embora mais aceito, vejo por aí pessoas que comem e bebem em demasia, mas negam com veemência.
7) Luxúria - Mais um pecadinho bem visto, até tornou-se  desejável nos dias de hoje. Quem é que atualmente não se diz atraído pela sensualidade, pelos prazeres carnais?

Essa postagem faz parte da Blogagem Coletiva Sentimentos, proposta pela Glorinha, do blog Café com Bolo, para o dia 13/08, mas que por motivo de força maior, só foi possível postar hoje.


* Fonte de referência:  http://pt.wikipedia.org

13 comentários:

Maitê disse...

Oi querida !!!!

Estou voltando !!!

Nossa ... adorei seu texto ... Os temas desta blogagem coletiva são muito interessantes.

Adoro os seus textos !!!!

Beijinhos enormes !!!!!

Marliborges disse...

Olá Yoyo,
Beleza esse texto. Tem uma coisa que chamou minha atenção, veja "A melancolia que era vista pelos gregos (como eram inteligentes, esses gregos!) como um sério problema de saúde, foi transformada em pecado, pelos grande pensadores da Igreja Católica." Bingo! Inveja=melancolia=doença. E daí?
Doença? Sentimento? Pecado?
Para mim é uma doença.
Bjssss

Yoyo Pizy disse...

Obrigada Maitê!
Bjos

Yoyo Pizy disse...

Marli,
Acho que qualquer um deles ("pecados ou sentimentos") quando não são bem dosados acabam transformando-se em doença, ou não?
De qualquer modo, são mesmo sentimentos humanos.
Bjos

Beth/Lilás disse...

Yoyo querida,
Mandou bem, fez uma postagem ótima e abordou por um lado histórico e de pesquisa, gostei muito.
um super beijinho carioca gelado.

Driks Barreto disse...

Você é mesmo uma ótima escritora,adoro seus texts inteligentes e reflexivos!!!Muito bom!!!!Bjs linda boa semana!!!!!
www.badulaquesdadriks.blogspot.com
www.momentosdadriks.blogspot.com

Deia disse...

Yoyo, senti sua falta! E, valeu a pena vir ler sua participação! Aceitar que é da natureza humana não é o mesmo que dizer que o sentimento de inveja é aceitável. Acho que foi isso que todos nós que participamos dessa blogagem disseram, cada qual à sua maneira. Um beijo, Deia.

Chica disse...

Muito linda tua participação,Yoyo! Essqa blogagem está ótima!beijos,linda semana!chica

Tati Pastorello disse...

Oi Yoyo, engraçado nossa dificuldade de encarar que TODOS FAZEMOS COCÔ, né? É quase isso. Meu pum não fede... hohoho... Como se só o outro invejasse, só o outro sofresse de preguiça ou ira... Tá bem! Enquanto não enfrentamos nossas falhas, não conseguimos corrigir. Aí a mais triste das constatações. Fiquei rindo de imaginar melancolia como pecado!! kkkk Poetas pecadores!!!
A política sempre foi a mesma, né? Seja ditada pelo Estado ou pela Igreja, sempre tolhiu o pensamento...
Beijos.
Beijos.

manuel marques disse...

Se nós invejamos os outros, eles por sua vez nos invejarão: o mal da inveja não conhece limite.

Beijo.

Glorinha L de Lion disse...

Yoyo querida! Gostei demais da tua abordagem...é verdade menina, nunca tinha parado pra analisar sob esse ângulo...todos são aceitáveis, menos a inveja...eu ein? Coisas que a culpa do pensamento judaico cristão nos incutiu...benvinda à Marte darling! Pq os humanos, em sua maioria, não sentem isso não! Só marcianos são invejosos! e sua filha, como está? Espero que não tenha passado de um susto, bem grande, mas só susto. Beijos minha amiga!

Bordados e Retalhos disse...

Yoyo, ~verdade, a inveja, como outros sentimentos menos nob~res, é um sentimento humano. Não há como fugir dela. O bom é que nós, pela nossa formação moral, ou pelos nossos valores, não saímos por aí desejando que o outro se dane porque ele tem um casa linda e nós não. Mas é certamente um sentimento que faz parte de nós. E sua filha melhorou? mande notícias. Bjs

Mauro S disse...

Oi Yoyo, boa tarde!
Este é um sentimento doentio, que temos que saber lidar.
Beijos, amiga, e uma ótima terça, Mauro