Amo essa canção!

16/08/2010

Paula - Um Livro Comovente

Li esse livro pela primeira vez em meados de Janeiro de 1997 e com ele fui às  lágrimas inúmeras vezes. O livro é na verdade uma carta que Isabel Allende escreve para sua filha, quando a mesma adoece gravemente e em seguida entra em coma.  Na esperança de que Paula acordasse um dia, Isabel resolveu fazer um relato  sobre a história da sua família para que ela, a sua "menina", não ficasse tão perdida ao acordar ou para que pudesse, através desses escritos, preencher algumas lacunas de memória que por ventura viessem a surgir  depois desse "sono" profundo.
Pelo momento que eu estava passando, me identifiquei prontamente com a autora e sua carta, o livro mexeu demais com minhas emoções e ficou marcado para mim, como uma das leituras mais emocionantes e inesquecíveis que já fiz.
Agora, passados mais de teze anos , em um momento bem diferente daquele, resolvi reler Paula, para ter a certeza se o livro era mesmo tudo aquilo que eu pensava ou se na época, eu estava apenas influenciada pelo drama pessoal da minha vida.
Foi com imensa satisfação que, após finalizar essa segunda leitura,cheguei a conclusão de que esse livro é mesmo  marcante, comovente, espetacular!
Mais do que o relato dramático de uma mãe que tenta, desesperadamente, manter viva a sua filha, Isabel Allende nos revela pormenores da sua família, abre seu coração, fala dos seus amores, da sua intimidade, sua infância,  juventude; fala também de política,  da ditadura, do golpe militar no Chile em 1973, bem como dos anos vividos no exílio.
Apesar da tragédia pessoal de Isabel, ela  afirma que "essa não é uma obra sobre a morte, mas uma celebração da vida." E ela está coberta de razão. 

20 comentários:

Carmen Martins disse...

Yoy, conheço este livro desde que era uma criança e era assinante do Círculo do Livro, lembra disso? Ganhei uma assinatura do meu pai, mas confesso que nunca tive coragem de lê-lo, pois, só de pensar nesta tragédia, estremeço, amiga.

PS: pensa que me esqueci de você? naaaaão! mas não acho as tais camas de ferro. Só tenho 2 fotos até hoje, acho que vou lhe enviar. Ah! Vc viu a decoração lilás do quarto que postei na 6a. feira? Vai lá ver! bjs

Bordados e Retalhos disse...

O livro é mesmo lindo e comovente. Aliás eu adoro Isabel Allende. Fantástica. Esteve em paraty na semana passada. Estou qurendo ler A Soma dos Dias, uma espécie de contuaão de Paula. Bjs querida

Clau Finotti disse...

Oi Yoyo!
Que inveja que você sempre encontra tempo para os livros. Ando tão enrolada ultimamente. Ainda não organizei meu espaço físico aqui como gostaria e minha paz intelectual depende completamente da organização externa. Tô amarrada a um livro só desde que me mudei para cá, há mais de mês. Preciso de uma ótima empregada que me ajude de verdade... afff...


E que história desse livro! Nem posso ler, ultimamente ando chorando até com os passarinhos voando aqui na janela... kkkkkkkk....

Bjocas.

Clau Finotti

Isadora disse...

Yoyo, ainda não li Paula, mas estou lendo nesse momento, A Soma dos Dias e estou amando.
Tinha me esquecido da forma como ela escreve. Sensacional.
Um beijo

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Esse livro eu li ha muitos anos. é um dos livros do tipo "Anne Frank", que a gente lê para nunca mais esquecer... eu tb fiquei muito emocionado ao ler o relato de Isabel Allende.

Tb quero reler.

bom dia

Crica Viegas disse...

Apesar de conhecer muito de ouvir falar, nunca li. Fiquei curiosa...
E isabel Allende é tudo!

Marliborges disse...

Yoyo, esse livro é fantástico!!! Sou suspeita pra falar, pois a Isabel Allende está entre as escritoras que mais gosto de ler. Todos os livros que li dela são bons, e olha que li uma penca!!! Esse aqui, eu também li, no tempo do circulo do livro. É um livro tocante, delicado e comovente. Mas tem uma passagem nele que acho sensacional: é a descriçãso que ela faz do marido dela, da forma que ele a esperava acordado, para lhe dar apoio... Meu Deus, eu adoro essa passagem! As palavras que ela usa, são maravilhosas e lembro até hoje. Sabes que não tenho mais esse livro? Alguém levou "emprestado", argh!! Que bom que você me fez lembrar.Bjs amiga.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Oi Yoyo!
Sabe flor, me lembro de algumas amigas da época que leram este livro...ouvi sim falar muito dele, mas confesso que nunca tive coragem de ler! Sou uma manteiga derretida como dizia meu saudoso paizinho rs, então sempre relutei em ler livros assim...mexem muito comigo, entro muito na história...quem sabe um dia...
Beijinhos flor, e o meu desejo de um lindo dia pra vc.

Flores e Luz.

Beth/Lilás disse...

Yoyo,
Eu já li outros de Isabel Allende, mas este, já vi e não me interessei, agora com seu relato, deu uma vontade enorme de ler também.
Vou guardar a dica.
bjs cariocas

Liliane de Paula disse...

Esse livro é maravilhoso. Ainda não reli pq tem um monte de outros na fila, mas assim que puder releio. O bom é que como só leio livros meus posso riscar tudo que me agrada ou que me chama atenção.

Ana Maria Braga disse...

Oi, Yoyo, achei interessante o relato do livro. Como trabalho numa biblioteca, vou mandar comprar para meus leitores. Apesar de ser bibliotecaria, leio pouco. O tempo é escasso para resolver tantas coisas. A epoca que mais li, foi quando me separei. Mas agora estou em outra fase e de muita atribulações. Beijos.

Chica disse...

Muito legal esse livro.Um lindo dia pra ti,beijos,chica

Ariadne disse...

Caracas, eu tbem era assinante do circulo do livro, mas isto faz tanto tempo...putz, to fiando velha !! rsrsrs e eu tbem li este livro, mas faz séculos e nao me lembro de detalhes, vou procurar o livro pra comprar e reler...

Bjks

Deia disse...

Oi Yoyo! Conheço o livro, mas nunca me aventurei em suas páginas. Entrará, com certeza, na lista de próximas leituras obrigatórias! Um beijo enorme, excelente dia! Deia.

manuel marques disse...

É fabuloso, aconselho.

Beijo minha querida.

Vivi disse...

Oi Yoyo
Nossaaaa há quantos anos q li esse livro !!! põe espetacular nisso!!!!
e vc me deu uma idéia...rsrs
irei ler novamente viu!!!!
bjs

Socorro Melo disse...

Oi,

Ainda não li, mas, fiquei bastante curiosa, pois, adoro histórias da vida real, e está muito bem recomendado. Anotei na minha lista.

Um grande abraço
Socorro Melo

Elaine disse...

Minha querida YoYo, obrigada pelo carinho, adorei!! beijinhos!!

Elaine disse...

Minha querida deixei para vc um selinho bem especial, obrigada pelo carinho e passa lá para pegar.
Beijos!

Yoyo Pizy disse...

Gente,
Fico tão feliz ao saber que tantos amigos aqui também fizeram parte do Círculo do Livro! Eu fui assinante do Círuculo e até me sentia pré -histórica,hehehehe...Quanto tempo!
Beijos a todos