Amo essa canção!

03/08/2010

Pedaços de Mim

Depois do post anterior, resolvi "pegar leve", não sem antes agradecer e tranquilizar a todos que se mostraram preocupados com o texto que escrevi sobre o medo, para a Blogagem Coletiva "Sentimentos".
Felizmente, caros amigos, não  sofro da síndrome do pânico, embora aquele texto tenha sido baseado em experiência própria. Tenho muitos medos, como a maioria das pessoas, mas aquele momento, foi quando experimentei o maior de todos os medos: o medo de perder um pedaço de mim. Sim, medo de perder, para sempre, uma das minhas filhas, pois filhos são como pedacinhos de nós soltos no mundo e quando algo os fere, sentimo-nos mortalmente feridos, também.  Se nada podemos fazer para amenizar as dores  dessas criaturas que sairam de dentro de nós, é como se o mundo desabasse em nossas cabeças e a sensação de impotência nos leva ao medo extremo, como aquele que senti. Quem é mãe (ou talvez pai) sabe, muito bem, do que estou falando.
Essas duas lindas, aí nas fotos (sou suspeita, sou mãe coruja e babona) são minhas filhas queridas, a maior contribuição que dei ao mundo. E nesse caso, posso garantir que não estou falando como mãe e sim como pessoa, pois elas, sem dúvida, tornam esse mundo mais humano e mais bonito. São duas mulheres do bem, educadas, civilzadas, amorosas, inteligentes, que respeitam seus semelhantes, respeitam a natureza e os animais.
Embora tenham sido criadas da mesma forma, elas são completamente diferentes. Uma é calma, a outra é um furacão; uma é discreta  no modo de ser e até mesmo de se vestir, a outra é  extravagante; uma é racional, a outra é  passional. Acho que basta olhar a fotografia das duas para identificar quem é quem, não?
A de cabelos louros  é a minha caçula, a de cabelos castanhos é a minha primogênita, e foi por medo de perdê-la que senti aquela dor atroz, como escrevi no post anterior.
A diferença de idade entre as duas é de apenas dois anos, mas como aqui em casa todos nós  imaginávamos, a mais nova me deu o meu primeiro neto, que passou a ser parte insubstituível do meu baú de tesouros.

Um beijo a todos e uma semana excelente!

20 comentários:

cantinho she disse...

Oie querida, suas filhas são mesmo muito lindas! Ainda não sou mãe, mas tenho loucura pra ser e posso imaginar o medo de uma mãe perder um filho. Beijo, beijo e excelente semana!

Glorinha L de Lion disse...

Yoyo, como são lindas as suas filhas! Confesso que tb achei que vc tinha síndrome do pânico...ainda bem que não tem, pois dizem que é terrível. Mas já passou o medo de perder a filha não passou? Depois que temos filhos, nunca mais temos sossego...é nosso amor maior mesmo. Espero que esteja tudo bem com vcs todos. Beijo grande amiga! E beijo pra essas duas linduras.

Tati Pastorello disse...

Yoyo, suas meninas são mesmo lindas. Agora, com o texto tendo uma cara (imagino que foi quando sua filha sofreu o acidente de carro, né?) eu reli e não apenas me emocionei, mas chorei. Chorei muito!! Nossa, posso imaginar o que seja...
Que bom que a luz no fim do túnel se fez e ela está aí, te dando tantas alegrias!
Beijos.

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

Yoyo que lindas cada uma de do seu jeito ,mas as duas completam a beleza da mãe !
Parabéns por suas lindas filhas!
beijo

Driks Barreto disse...

Oi Querida suas filhas são lindas!!!E aposto que mesmo sendo diferente são incriveis como vc!Parabéns!!!
www.momentosdadriks.blogspot.com
www.badulaquesdadriks.blogspot.com

Ariadne disse...

Yoyo, sabe que me identifiquei completamente com este teu medo? sinto o mesmo..medo, muito medo. Procuro nao pensar muito, senao coração palpita e me dá calafrios.
Nao achei que vc estava com sindrome do medo,acho que quem é mae, sabe o que se passa dentro de um coração materno.
Amo meus filhos, amo mais do que tudo... e nao conseguiria viver mais sem eles.
Tuas filhas sao lindas, esta loira é mae daquele moreninho gostoso? muito engraçado, ela passa pelo que passo, branquela mae de crianças mais escuras.... imagina que já acharam que meus filhos sao adotivos ?o povo se mete na vida da gente.

Bjks !!!

Clau Finotti disse...

Oi Yoyo!

Suas filhas são lindas e pelas fotos parecem cheias de personalidade, como a mãe.

Eu não tenho filhos, ainda, mas tenho dois sobrinhos, como vc sabe, e sinto que me jogaria num incêndio se isso fosse para salvá-los. Imagino o sentimento ampliado que deve se ter quando se é mãe.

Ah, li o comentário sobre o livro abaixo e morro de inveja, afinal parece que vc tá devorando livros ultimamente, né? Eu envolvida com arrumação de casa estou com um aqui no meio do caminho e leio quase uma página só por dia...rs...

Grande beijo e fica com DEUS!

Clau

As cutículas estão ótimas agora, às custas de muita água oxigenada...rs...

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Oi florzinha
Suas filhas são lindas!Que lindas Deusas da Luz derramem muitas bênçãos sobre vcs.
Ótima semana pra vc tbm flor.
Beijinhos.

Flores e Luz.

Crica Viegas disse...

Passei por esse medo de perder meu Mateus (hj com 18 anos) quando ele tinha de uma pra dois aninhos...um medo realmente avassalador. Sei exatamente como é.

Mauro S disse...

O comentário grande, o anterior, não libera!
Este pode.

Beth/Lilás disse...

Nossa, que gurias lindas!
Realmente, o nosso medo maior é o de perder aqueles que mais amamos e graças a Deus você teve sorte e ela também!
Fico pensando na pobre Cissa Guimarães e seu sofrimento atual com a perda do filho tão lindo e amado.
Deus nos livre!
bjs cariocas

Regina Coeli disse...

Olá Yoyo,
Não existe medo maior que perder um pedaço da gente ou seja filho...
Como você tenho dois filhos que são o bens mais preciosos de minh vida, mola propuisor par me fe melhor...
Suas MENINAS são encantadoras e vê-las criadas, saudáveis vivendo suas vidas com dignidade alegria é tudo o que mais queremos, não é mesmo???
Estou sentindo su falta...
Beijnho crinhoso,
Regina Coeli

Carmen Martins disse...

Oi querida, tudo bem? nossa, que filhas lindas, Yoyo, nunca poderia imaginar que elas já são duas mulheres. Parabéns!!!!!!!! beijos no coração

Barbie Girl disse...

Suas filhas são linda demais, duas bonecas!!
A mais nova se parece com você, nesta foto do perfil!

Que bom que não sofre do pânico, fico feliz!

P.s: Viu meu e-mail da camisa?

beijos

manuel marques disse...

Quem sai aos seus não degenera.

Três mulheres lindíssimas.

Beijo.

VILMASUELY disse...

Aiii!!!! que lindas!!! parecem com vc.Já passei muiito por isso.certa vez tive um pesadelo que minha filha tinha sido violentada.Acordei num desespero e não me conformei só em saber que era sonho...fui no quarto dela e comecei a abraça-la...beijá-la e ela toda assutada sem saber de nada.Chorei muiito até voltar a dormir de novo.Horrível!!.Imagine o que passa Cissa Guimarães né? Mãe é tudo igual!!
Beijos!!

www.comtextosdavida.com disse...

Os dois pedaços que sairam de você contribuiram para que você se tornasse inteira, como se apresenta hoje.
bjs

Fátima disse...

Fico feliz que tudo esteja bem,( o que me parece)e que o susto tenha passado.
Suas filhotas são umas fofas , família linda.
Beijinho.

p.s. deixei um mimo lá no blog pra você, daí a razão do convite para dar uma passadinha.
Bjs.

Isadora disse...

Nossa mas suas filhas já são moças feitas. Parabéns por esses dois presentes. A vida fica muito mais colorida.
Um beijo

Socorro Melo disse...

Olá,

Posso entender o que escreveu no post anterior, pois, foi exatamente isso que escrevi, de forma diferente. Passei por este mesmo medo, e é o pior que já senti na vida.
Suas filhas são lindas.
Desejo vida longa e feliz, a todas vocês.

Beijos :)
Socorro Melo